Conservar alimentos: truques a ter em conta

Existem dicas de refrigeração e congelação que vão fazer os seus alimentos durar muito mais tempo. Dos limões às framboesas, passando pelas hortaliças, saiba como manter a sua comida fresca e evitar o desperdício.

Na hora de ir ao supermercado, entre promoções e descontos imediatos, somos induzidos a comprar grandes quantidades de alimentos que, quando não são bem conservados, estragam-se e contribuem para um enorme desperdício alimentar. No caso das verduras, por exemplo, pode prepará-las em várias doses e congelar. O processo de congelação é o único que permite preservar as caraterísticas originais, mas existem vários truques que vão manter os seus alimentos frescos, saudáveis e deliciosos por mais tempo.

Num bom congelador, certifique-se de que os alimentos que pretende congelar se encontram em boas condições e embale-os por tipo para evitar a transmissão de cheiros e a própria desidratação. No caso das hortaliças, lave-as com água abundante e elimine as partes não comestíveis. Depois, mergulhe-as durante dois minutos em água a ferver. Este processo destruirá as enzimas, reduzirá o número de microrganismos e conseguirá manter a sua cor. Por fim, passe-as por água fria, seque-as e congele-as.

Lembre-se de que, mesmo congelados, os alimentos têm prazo de validade recomendado. Antes de congelar alimentos frescos, escreva a data de congelação. Quando arrumar os alimentos, não deve encher demasiado cada compartimento para permitir a circulação de frio. E atenção: nunca introduza alimentos quentes diretamente no congelador e deixe-os arrefecer antes de os guardar.

Na maioria dos frigoríficos, as prateleiras inferiores são as que têm a temperatura mais fria e, por isso, devem armazenar carne e peixe fresco ou em fase de descongelação. Na prateleira superior, devem estar os iogurtes, queijos, natas, molhos e alimentos cozinhados. As frutas mais delicadas como, por exemplo, framboesas e amoras, é que devem ser armazenadas numa única camada para impedir que o sumo das frutas se acumule em baixo do recipiente.

Para manter os morangos mais frescos, lave-os numa mistura de água com vinagre e guarde no frio depois de secos. As maçãs, essas, devem ser conservadas num recipiente dentro do frigorífico longe da fruteira porque libertam etileno e fazem com que o resto da fruta amadureça mais rápido – à exceção da batata que se mantém mais fresca ao lado de maçãs. Os limões também ficam mais suculentos quando guardados no frigorífico.

Como vê, são vários os truques para que os seus alimentos se conservem durante muito mais tempo. Com os comportamentos certos, evitar o desperdício alimentar nunca foi tão fácil.

Clique aqui para participar no passatempo e receba 5000€ em prémios TEKA

Clique aqui para participar no passatempo e receba 5000€ em prémios TEKA

Bitnami