Sabores da infância valem vitória

Família M&M, com o Pão da Avó, conquista final do Brincar na Cozinha com Teka. O sabor e a interação familiar foram a chave do sucesso.

Lara e Helena Fernandes fizeram cogumelos recheados com batata-doce (Foto: Carlos Pimentel/Global Imagens)

Há cheiros e sabores capazes de nos fazer retroceder no tempo. Para Catarina Morais, o pão da avó leva-a a viajar pela infância. É uma receita de família que lhe toca o coração. A iguaria, que também já faz parte do leque de comidas preferidas da filha, conquistou o mais alto lugar do pódio na final do Brincar na Cozinha com Teka. No banquete da última prova, no showroom da Teka, em Lisboa, serviram-se ainda espetadas de peixe com folhado de legumes, massa fresca com legumes e cogumelos recheados com batata-doce.

Os fornos ligaram-se pouco depois das nove da manhã para preparar todos os petiscos. Devido à pandemia, e de forma a garantir o distanciamento social, as quatro equipas cozinharam em horários desfasados. Os Gonçalves foram os primeiros a arregaçar as mangas. Mãe e filhos prepararam uma massa colorida com o verde dos espinafres. Minutos depois, a família Cook L&L ocupou a bancada. A dupla começou por cortar e saltear os legumes para, de seguida, rechear os cogumelos. No ar, misturava-se o cheiro das duas iguarias. “Esta é uma experiência gratificante e engraçada. A Lara está a ganhar ainda mais o gosto pela cozinha e até já faz algumas coisas sozinha”, conta Helena Fernandes.

Finda a confeção dos dois primeiros pratos, o peixe foi protagonista nas receitas que se seguiram. Enquanto a dupla M&M cozinhava o Pão da Avó, a Happy Family arranjava a pescada, o camarão e o salmão. Juntamente com tomate e pimento, o pescado serviu para fazer espetadas. Durante a confeção, os conselhos do chef Chakall foram uma mais-valia para a Happy Famíly. “Disse-nos para colocar azeite na espetada, para ficar mais amarelinha”, desvenda Ana Cristina Sousa.

As iguarias passaram no crivo do conhecido cozinheiro e presidente do júri, até porque todas as equipas seguiram à risca as indicações dadas nas semifinais. Não faltaram preparados saudáveis e com produtos da época. “Demos um passo em frente e foi importante para consciencializar as famílias sobre a importância da alimentação saudável”, assinala Chakall, confessando que a escolha do vencedor não foi tarefa fácil.

Inês, Vera Gonçalves e Pedro apresentaram massa fresca com legumes
(Foto: Carlos Pimentel/Global Imagens)

O equilíbrio entre o sabor e a interação familiar valeram à M&M uma viagem da agência Abreu, no valor de três mil euros, e um vale de dois mil euros em eletrodomésticos da Teka. As restantes três equipas finalistas receberam um voucher de mil euros, também em eletrodomésticos.

Para os Gonçalves, o prémio servirá para oferecer um micro-ondas à escola do Pedro. “Devido à pandemia, a cantina está com menos mesas e há mais alunos a levar comida de casa que precisam do micro-ondas”, diz o jovem. Da experiência, Vera Gonçalves leva as aprendizagens. Com orgulho e um sorriso no rosto, a mãe do Pedro e da Inês guarda também a união da família ao redor dos tachos. “Sou uma privilegiada porque consigo que os meus adolescentes alinhem nestas experiências.”

Ana Cristina Sousa e Leonor apostaram numa espetada de peixe com legumes
(Foto: Carlos Pimentel/Global Imagens)

Afirmando que “cada nova edição supera as expectativas”, a diretora de marketing da Teka considera que “a final resultou num exercício de grande criatividade e resiliência”. Teresa Lagoa destaca “a qualidade dos pratos” confecionados que acredita estar relacionada “com o excelente trabalho de equipa e com as rotinas da cozinha que a experiência ao longo das edições foi permitindo aperfeiçoar”.

“Cada receita acaba por ser uma novidade e poder observar a dinâmica das famílias é muito engraçado. Nesta edição, talvez por termos aguardado mais tempo que a final se pudesse realizar, acabou por se tornar ainda mais especial, uma espécie de reencontro muito esperado”, sublinha Teresa Lagoa, salientando que na Teka há um trabalho diário “para criar emoções e juntar as famílias na cozinha”. “Esta edição encheu-nos totalmente as medidas e dificilmente a iremos esquecer”, frisa a diretora de marketing.

Catarina Morais e Mafalda triunfaram com o pão da avó
(Foto: Carlos Pimentel/Global Imagens)

Aos talentosos minichefs, o presidente do júri aconselha que continuem a aventurar-se na cozinha. “Ir dando às crianças o gostinho pela cozinha é muito importante. E há que lhes pedir para fazerem coisas simples, como limpar coentros ou salsa, que não são trabalhos perigosos”, nota Chakall, em jeito de despedida.

Receita vencedora

Pão da Avó – M&M (Vila Real)

(Foto: Carlos Pimentel/Global Imagens)

1 lombo de bacalhau grande
1 folha de louro
6 dentes de alho
1 pão redondo grande
1 couve portuguesa
1 lata pequena de grão-de-bico
200 ml de azeite
2 colheres de chá de sal
1 colher de chá de pimenta
1 colher de chá de pimentão-doce
1 colher de café de noz-moscada
1 ramo de coentros frescos
2 cebolas
1 frasco pequeno de azeitona preta
2 ovos

Preparação:

1 – Lavar as folhas de couve e cortar em pedaços pequenos.
2 – Numa panela juntar o bacalhau, os ovos e a couve portuguesa cortada.
3 – Cozer em água com um alho e uma folha de louro. Adicionar sal se necessário.
4 – Escorrer, deixar esfriar, retirar a pele e as espinhas e lascar o bacalhau. Reservar juntamente com os ovos descascados e a couve escorrida.
5 – Guardar a água da cozedura.
6 – Cortar uma ‘’tampa’’ ao pão e retirar-lhe o miolo, deixando-o inteiro.
7 – Regar o miolo com um pouco da água de cozer o bacalhau.
8 – Descascar e picar as cebolas e os dentes de alho, colocar numa panela com azeite, levar ao lume e deixar refogar até começar a ficar douradinho.
9 – Adicionar o bacalhau, a couve cozida e o miolo do pão, envolver, e deixar cozinhar um pouco até estar tudo envolvido.
10 – Juntar três colheres de sopa de grão-de-bico e azeitonas cortadas em pedacinhos.
11 – Acrescentar um pouco de água (se necessário) e temperar com sal e pimenta.
12 – Adicionar um pouco de coentros picados, misturar e, de seguida, rechear o pão com este preparado.
13 – Colocar, por cima, os ovos cortados em fatias e levar ao forno até estar crocante.